O que é e como fazer a harmonização de todos os tipos de vinhos

Harmonizar vinhos e receitas é uma forma de gerar sensações e experiências novas na hora de degustar suas refeições. Entenda a importância dessa ciência e como harmonizar cada tipo de vinho.

Harmonização de vinhos

A harmonização de vinhos consiste na escolha do vinho certo para acompanhar uma refeição, sendo possível harmonizar vários tipos de uvas e considerando que cada vinho possui uma combinação perfeita na gastronomia.

Inclusive, a importância da harmonização de vinhos e alimentos tem sido cada vez mais discutida. Harmonizar essas duas vertentes cria sentidos únicos e permite ao consumidor explorar combinações que chegam a ser um terceiro sabor durante a experiência gastronômica.

Por isso, não poderíamos deixar de falar sobre cada combinação. Continue a leitura para dar os primeiros passos no maravilhoso mundo da enogastronomia!

O que é harmonização de vinhos

A prática consiste em escolher a bebida certa para acompanhar uma receita a fim de ressaltar os sabores da combinação. Afinal, a escolha do vinho errado pode anular o sabor da bebida ou da refeição.

Existem algumas regras para combinar um vinho com um prato específico e uma das regras primordiais é relacionar o peso do prato com o peso do vinho.

Para refeições leves, como saladas ou aperitivos, o ideal é harmonizar com vinhos também leves, como espumantes, enquanto pratos mais pesados pedem por vinhos mais encorpados e intensos, como Cabernet Sauvignon e Malbec.

Além disso, refeições doces ou salgadas pedem vinhos diferentes, e não prestar atenção a essa demanda pode arruinar o sabor da sua receita e até mesmo deixá-la amarga. E sabemos que não é isso que você quer quando busca por receitas para harmonizar com vinhos.

É daí que vem a importância da harmonização de vinhos e alimentos: quem consome deve saber como fazer essa combinação, de modo a ressaltar os sabores do prato e não arruinar uma receita com um vinho que não combina e pode acabar com a palatabilidade do prato.

Vale entender que os taninos são substâncias presentes no vinho e em outros alimentos, como nozes, chocolate amargo, algumas especiarias etc. São os responsáveis por dar característica adstringente à bebida, ou seja, algumas uvas que são ricas em taninos, como o Cabernet Sauvignon, Tannat e Tempranillo, por exemplo, dão a sensação de deixar a boca mais “seca” ao beber o vinho.

O teor de açúcar presente na uva é outro fator que pode afetar o sabor da bebida e, consequentemente, a harmonização com os pratos. Vinhos do Porto ou de colheita tardia são opções doces de vinhos, que harmonizam bem com sobremesas menos doces.

Todos esses fatores combinados dão base à harmonização dos alimentos com a bebida. Por isso, sem mais delongas, confira as harmonizações para os principais vinhos e sugestões de consumo a seguir.

Harmonização do vinho Cabernet Sauvignon

O Cabernet Sauvignon é um dos vinhos tintos mais conhecidos. Famoso por ser a “rainha das uvas”, pode ser produzido em várias regiões.

O sabor da uva é intenso, com sabor concentrado, bem encorpado e tanino presente. Por isso, o ideal é optar por pratos também intensos e marcantes para acompanhá-lo, como carnes mais gordurosas e massas com molhos vermelhos.

Veja outras opções de pratos que harmonizam com o Cabernet Sauvignon:

  • risotos;
  • queijos maduros;
  • churrasco;
  • carne assada; e
  • polenta com ragu.

Harmonização do vinho Merlot

Ela também vem da realeza das uvas e é uma das mais utilizadas para produção do vinho tinto. O cultivo dessa iguaria é destaque em solos úmidos e climas frios.

Com aroma e sabor frutado, esse vinho é encorpado, possui taninos macios e acidez média, e proporciona uma ótima harmonização para pratos à base de queijos maduros, cogumelos e carnes vermelhas, em especial bifes, embutidos e molhos para massas à base de carnes.

Confira algumas ideias de pratos que harmonizam bem com ele:

  • risoto ao molho funghi;
  • tábua de embutidos e charcutaria artesanal;
  • carne cozida com cogumelos; e
  • Boeuf Bourguignon.

Harmonização do vinho Malbec

Essa uva é bem versátil e a partir dela podem ser produzidos vinhos tintos marcantes de sabor amadeirado e encorpado ou também vinhos rosés e espumantes leves.

Seu paladar é geralmente bem frutado e amadeirado, o que facilita até mesmo o consumo de quem está começando a beber vinhos e prefere sabores mais tradicionais. Para harmonizar, opte por pratos à base de carne vermelha.

Estas são algumas sugestões de pratos para harmonização:

  • carne de cordeiro;
  • carne de costela;
  • churrasco;
  • pizzas à base de embutidos, como calabresa e pepperoni; e
  • risotos com linguiça ou carne seca.

Harmonização do vinho Carménère

A uva é característica dos vales e vinhedos do Chile e o nome remete às características da sua cor, em tom de carmim, que acaba sendo transferido aos vinhos após a produção.

No geral, esses vinhos possuem aromas de frutas vermelhas e os taninos presentes na bebida são suaves, contribuindo para sua textura sedosa e aveludada. Acompanha bem carnes com poucas gorduras.

Pratos que harmonizam com o vinho:

  • filé mignon;
  • massas ao molho de queijos;
  • alcatra ao molho de gorgonzola; e
  • carne de porco assada.

Harmonização do vinho Pinot Noir

Essa é uma das uvas mais antigas do mundo e seu sabor é marcado pela suavidade do vinho produzido com elas, intensidade dos aromas e taninos leves.

O ideal é harmonizar esse tipo de vinho com carnes leves e o frango é um dos pratos que combinam bastante. Outras aves, carne suína e alguns tipos de peixe também podem ser uma boa opção.

Confira outras receitas que fazem uma boa harmonização:

  • frutos do mar;
  • vegetais;
  • estrogonofe de frango; e
  • cremes, caldos e sopas.

Harmonização do vinho Syrah

A também chamada de Shiraz é fruto do cruzamento genético de duas outras uvas, chamadas Mondeuse Blance e Dureza. Esse tipo de uva geralmente resulta em vinhos de corpo médio a encorpado e com bons taninos e acidez.

As harmonizações para esse vinho são bem versáteis. Desde carne de caça até chocolate, são várias as opções de pratos que combinam com ela.

Algumas outras opções para harmonia com o vinho Syrah:

  • hambúrgueres;
  • carne de lebre;
  • massas com molhos de carne e especiarias, como noz-moscada, pimenta e zimbro; e
  • chocolate meio amargo (neste caso, é bom optar por vinhos da uva Syrah produzidos em solos mais quentes, como os tradicionais Syrah do Nordeste brasileiro).

Veja também:
7 receitas de coquetéis que você precisa conhecer
5 receitas de drinks com gin que você precisa fazer
6 receitas de água saborizada com frutas

Harmonização do vinho Tannat

Uva muito popular no Uruguai, mesmo que a sua origem seja francesa. Com taninos bem marcantes e acidez acentuada, o vinho é ideal para quem gosta de vinhos intensos e de personalidade forte.

Para combinar com essa uva tão intensa, o ideal é optar por pratos com carne de caça ou ricos em gordura. Também, justamente por ser uma uva de sabor e acidez muito acentuados, é possível encontrar essa uva na versão de vinhos blend, com mistura de outras uvas mais suaves.

Veja algumas opções de receitas que harmonizam com o vinho Tannat:

  • carnes de caça, como o javali;
  • churrasco; e
  • queijos duros.

Harmonização do vinho Tempranillo

Muito popular na Espanha, a uva dá origem aos vinhos espanhóis mais famosos e consumidos no país. De maturação precoce, é uma das primeiras a serem colhidas.

Seu aroma de frutas vermelhas, sabor levemente picante e tons de couro fazem com que esse vinho harmonize bem com pratos à base de molho de tomate, como massas, pizzas e lasanhas.

Outras ideias de receitas que harmonizam bem com ele:

  • comida mexicana;
  • pizzas;
  • lasanhas com molho vermelho;
  • massas à base de molho de tomate; e
  • carnes vermelhas grelhadas.

Harmonização do vinho Chardonnay

Chegando à família dos vinhos brancos, somos recebidos com o sabor marcante do Chardonnay. A famosa uva verde é bem maleável, o que faz com que possa ser cultivada em vários terroirs pelo mundo.

O vinho é jovem e fresco, e os que não são armazenados em barris de carvalho combinam bem com frutos do mar mais suaves, de texturas mais leves, como ostras, mexilhões e peixes mais suaves.

Já para os que são armazenados em carvalho com maturação mais longa, esses harmonizam melhor com pratos bem aromáticos e com especiarias, como o curry ou alecrim.

Além do mais, receitas que levam manteiga, creme de leite ou queijo derretido também combinam com o vinho, por serem receitas com ingredientes gordurosos.

Outras opções de pratos que harmonizam com Chardonnay são:

  • frutos do mar suaves com molhos ácidos;
  • pratos aromatizados com especiarias;
  • bacalhau;
  • massas com molho branco; e
  • carnes defumadas.

Harmonização do vinho Sauvignon Blanc

A versão branca da uva Sauvignon costuma ser leve e refrescante, apresentando notas de frutas cítricas e tropicais. Sua acidez é boa, e uma das características mais notáveis nesse vinho é a refrescância.

Queijos leves, como o brie, mascarpone e leite de cabra são boas opções para harmonizar com ele. Além disso, ele também continua na linha dos vinhos brancos que acompanham frutos do mar.

Você pode harmonia o vinho Sauvignon Blanc com os seguintes pratos:

  • massas com molhos de vegetais ou legumes;
  • carnes brancas, como aves, peixes e outros frutos do mar;
  • carpaccio; e
  • guacamole.

Harmonização do vinho rosé

Os vinhos rosé são produzidos a partir de uvas tintas expostas a um contato restrito com as cascas. Por isso, esses vinhos muitas vezes levam uvas já conhecidas dos apreciadores da bebida, como a Pinot Noir e Tempranillo.

O vinho rosé se popularizou muito no Brasil por ser um vinho refrescante, muito consumido no verão. Para acompanhar essa bebida, sugerem-se pratos leves de entrada, como tábuas de frios, ou receitas com mariscos e peixes.

Outras possíveis harmonizações para o vinho rosé são:

  • pizzas à base de queijo;
  • massas com molho branco; e
  • carnes brancas.

Agora, você já tem uma seleção completa para montar uma adega para diversas ocasiões. Que tal testar as nossas dicas e elencar suas harmonizações favoritas? Conta para a gente o que achou do resultado!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário