10 ideias de comidas fáceis para vender e lucrar

Marmitas, brownies e cookies, brigadeiros, tortas, salgados, pães caseiros e muito mais: aqui estão 10 sugestões de comidas para vender que você pode começar e preparar hoje mesmo.

Comidas para vender

A ideia de fazer comidas para vender pode funcionar tanto com doces quanto com salgados. Entre as principais opções fáceis e lucrativas de alimentos que podem ser colocados à venda estão receitas de brownies, cookies, bolos e brigadeiros; de tortas e quiches; de salgados de festa; pães caseiros, massas e comidas fitness congeladas ou até geladinhos (sacolés).

Quem opta por comercializar alimentos como esses? Pessoas que estão buscando um trabalho e uma fonte de renda principal para si e/ou sua família e também quem quer maneiras de complementar uma renda já existente.

Se você tem interesse em fazer comidas para vender com foco em delivery, fique sabendo que lanches, hambúrgueres, pizza, comida caseira, pães e doces, sorvetes e açaí, além de comidas saudáveis são algumas das alternativas que se destacam entre as mais procuradas por consumidores.

Mas é importante dizer: o delivery está entre diversas possibilidades. Também existem as alternativas de se comercializar produtos através de retirada (feita pelos clientes), entregando os itens diretamente na casa do consumidor ou até mesmo vendendo-os em lugares públicos para quem estiver passando, por exemplo.

Seja qual for a sua escolha, boa sorte e muito sucesso na trajetória. Veja a seguir sugestões de preparos que você pode começar a vender para ganhar dinheiro e algumas receitas.

10 ideias de comidas para vender

1.  Quentinha ou Marmita Fitness Congelada

Congelada ou pronta para comer, a quentinha ou marmita fitness pode ser ótima alternativa de vendas para quem vive em bairros residenciais ou tem fácil acesso a bairros de escritórios. Mesmo que não seja uma quentinha fitness. 

Marmitas com propósito saudável, por sua vez, vendem melhor congeladas e pela internet ou em bairros com mais academias abertas e em funcionamento.

Quem prepara qualquer uma das opções deve repassar ao consumidor pelo menos:

  • valor calórico e peso (em quilogramas) da alimentação;
  • detalhes sobre cada porção de alimento adicionada ao conteúdo (modo de preparo, ingredientes, quantidade etc.);
  • tempo de duração do produto na geladeira ou no congelador e orientações para conservar o alimento;
  • modo de preparo (se houver); e
  • necessidade ou não de retirar o alimento da embalagem original para esquentá-lo.

Se você tem o desejo de começar o seu negócio vendendo este tipo de alimentação, desenvolva um cardápio semanal, quinzenal ou mensal com diferentes opções de marmitas para apresentar às pessoas interessadas em fechar pacotes com maiores quantidades.

Estude o assunto a fundo para aprender como começar a vender quentinha e lucrar.

2.  Tortas e Quiches

As tortas (fechadas) e quiches (abertas) podem ser vendidas em seus formatos tradicionais ou na marmitinha de alumínio e podem ou não ter a famosa massa podre em sua composição.

Elas conquistam de verdade o consumidor quando:

  • não há massa dura ou seca, mas firme o suficiente para ser transportada, cortada e levada à boca sem desmanchar e fazer sujeira; e
  • têm um recheio nem seco e nem “mole” demais, perfeito para que o formato do conteúdo seja mantido e para que ele fique bem apresentado em sua embalagem original.

Como encontrar esse ponto ideal? Experimentando diversas opções de receitas antes de escolher aquela que você chamará de “sua” e muitas vezes também testando mais de uma marca de um mesmo ingrediente, já que textura e firmeza podem variar de acordo com a fabricação do insumo.

Anote duas receitas - de torta de frango e quiche de queijo - para começar a sua produção.

Receita de Torta de Frango

Tempo de preparo: 40 minutos

Rendimento: 15 porções

Ingredientes para a massa
  • 1 e ½ xícara de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 2 ovos
  • 250 ml de leite
  • ¾ de xícara de óleo
  • Sal a gosto
  • Queijo ralado a gosto (opcional)
Ingredientes para o recheio
  • 500 g de peito de frango cozido e desfiado
  • 500 ml de caldo de galinha
  • 4 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho triturado
  • 3 tomates sem pele ou 1 colher (chá) molho de tomate
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Ervilha e/ou milho cozidos (opcionais)
  • Requeijão ou Catupiry (opcional)
  • Cheiro-verde (opcional)
Modo de preparo do recheio
  1. Em uma panela, adicione o óleo, a cebola, o alho, os tomates ou o molho de tomate e o frango já desfiado. Deixe refogar. Se for adicionar ervilha e milho, adicione somente depois do refogado.
  2. Misture 1 xícara de chá de caldo de galinha ou do caldo que “sobrou” do cozimento do frango e deixe tudo em fogo baixo até secar.
  3. Desligue o fogo.
  4. Acrescente requeijão/Catupiry e o cheiro-verde.
  5. Misture tudo e deixe esfriar.
Modo de preparo da massa e montagem da torta
  1. Em liquidificador ou batedeira, misture leite, ovos e óleo.
  2. Aos poucos, acrescente a farinha e continue batendo.
  3. Acrescente também o sal e o fermento. Bata tudo devagar.
  4. Em forma untada, despeje metade do preparo da massa.
  5. Adicione o recheio por cima.
  6. Cubra com a outra metade da massa e com o queijo ralado.
  7. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC até dourar.

Receita de Quiche de Queijo

Tempo de preparo: 2 horas

Rendimento: 6-8 porções

Ingredientes para a massa
  • 2 xícaras cheias de farinha de trigo
  • ¾ de xícara de manteiga gelada
  • 1 ovo
  • 1 colher (chá) de água fria ou gelada
  • Sal a gosto
Ingredientes para o recheio
  • 4 ovos
  • 1 xícara de leite
  • 1 xícara de creme de leite fresco
  • 1 xícara de queijo ralado tipo ementhal ou outro a sua escolha
  • ¾ xícara de queijo ralado tipo parmesão
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
Modo de preparo do recheio
  1. Em uma tigela, misture os ovos, o leite e o creme de leite, adicione sal e pimenta do reino. Mexa bem.
  2. Mantenha os queijos separados, mas ainda não os utilize. Você vai acrescentá-los diretamente na montagem da quiche.
Modo de preparo da massa e da quiche
  1. Corte a manteiga em pedaços ou cubos e misture-a, em uma tigela, ao restante dos ingredientes. Sempre usando as mãos até tudo ficar homogêneo.
  2. Transforme a mistura em uma “bolinha” de massa, embale com plástico filme e leve à geladeira por 10 minutos.
  3. Abra a massa em uma superfície lisa e já com farinha de trigo polvilhada sem deixar quebrar.
  4. Unte forma (preferencialmente redonda) com manteiga e polvilhe farinha de trigo.
  5. Adicione a massa à forma, retirando o excesso conforme necessário.
  6. Polvilhe o queijo emental ralado por cima da massa já adicionada à forma.
  7. Adicione o creme preparado anteriormente.
  8. Polvilhe parmesão ralado.
  9. Leve ao forno pré-aquecido em 180ºC até dourar (cerca de 30 minutos).

Depois de prontas, a torta e a quiche podem ser vendidas inteiras ou em fatias. Fique sabendo: quem vende esse tipo de alimento em fatias pode conseguir lucro de 100%.

3.  Pão caseiro

Se você tem o que as pessoas costumam chamar de “mão boa” para o preparo de pães caseiros, não perca tempo: encontre a receita mais prática e saborosa e comece a preparar o alimento também para vender para os amigos e conhecidos ou no seu prédio e/ou no bairro.

Lembre-se de sovar a massa até que fique lisa e elástica; aperte-a com os dedos para saber se está no ponto - quando apertamos a massa e ela começa a “voltar” à sua forma original, podemos seguir para o próximo passo do preparo - e busque no mercado produtos antimofo que não alterem o sabor do pão e experimente utilizá-lo para que o seu preparo dure um pouco mais de tempo.

Receita de Pão Caseiro para vender

Tempo de preparo: 2 horas

Rendimento: 15 porções

Ingredientes
  • 500 ml de água morna
  • 1 kg de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de fermento biológico fresco
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 1 ovo
Modo de preparo
  1. Misture bem o fermento e o açúcar.
  2. Acrescente à mistura 250 ml de água e mexa.
  3. Acrescente também ovo, sal e manteiga. Mexa novamente.
  4. Peneire a farinha por cima da sua mistura anterior e vá misturando conforme adicionar.
  5. Adicione também os outros 250 ml (ou menos) de água - aos poucos e pare para mexer a massa com as mãos, assim fica mais fácil perceber que seu ponto está correto - quando ela começa a desgrudar dos dedos.
  6. Nesse momento, pare de acrescentar ingredientes à massa e use as mãos para trabalhar o conteúdo durante 20-30 minutos. Coloque a massa para descansar longe da luz - ela vai ficar pelo menos duas vezes maior do que está.
  7. Depois que a massa crescer, faça pequenos furos nela para que ela abaixe um pouco e você possa modelar os pães como quiser.
  8.  Unte uma assadeira, distribua os pães já modelados e deixe-os descansar novamente para crescer.
  9.  Leve a receita para assar até dourar - em forno pré-aquecido a 180º C.

Quanto cobrar por cada pão caseiro? Leve em consideração todos os seus gastos até o último minuto de preparo e embalagem dos pães: com ingredientes, saquinhos e fitinhas, energia elétrica, gás, mão de obra e outros. Acrescente também a sua porcentagem de lucro (geralmente 10% a 20%).

Uma alternativa é multiplicar por 3 o valor dos seus custos: essa multiplicação será a quantia paga pelos clientes ao comprar o produto.

4.  Coxinha

As principais vantagens de vender coxinha são: poder comercializar o produto já pronto ou congelado e ter a oportunidade de vendê-lo para ocasiões especiais ou para quem está buscando uma refeição fácil e gostosa em um dia de preguiça ou numa sexta à noite.

Cuidado com o excesso de óleo se decidir vender os produtos já fritos e atenção ao preparo da massa e do recheio do salgado se quiser vendê-lo assado: assim como as tortas e quiches, coxinhas muito secas e “massudas” costumam não cair bem no conceito de quem compra.

Vamos à receita!

Receita de Coxinha

Tempo de preparo: 1 hora

Rendimento: 10 porções

Ingredientes para a massa
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de leite
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 tablete de caldo de galinha
  • 2 batatas cozidas
  • Sal a gosto
Ingredientes para o recheio
  • 500 g de peito de frango
  • 1 tomate sem pele e sem semente
  • 1 cebola picada
  • ½ colher de colorau
  • Salsinha ou coentro a gosto 
  • Requeijão ou Catupiry a gosto e apenas se desejar
Para empanar
  • 500 g de farinha de rosca
  • 4 claras de ovos ou 2 ovos inteiros
Modo de preparo do recheio
  1. Cozinhe o peito de frango em fogo alto com água e caldo de legumes (se desejar).
  2. Desfie.
  3. Adicione em uma panela o óleo, a cebola e o tomate picados e refogue.
  4. Acrescente o frango já desfiado, colorau e sal. Mexa bem.
  5. Desligue o fogo, adicione a salsinha ou o coentro e também o requeijão ou Catupiry. Misture tudo e deixe esfriar.
Modo de preparo da massa e da coxinha
  1. Em uma panela em fogo médio, misture o leite e as batatas já cozidas.
  2. Bata tudo no liquidificador até ficar homogêneo e segurando a tampa com um pano para não espirrar.
  3. Misture ao conteúdo também o caldo de galinha em tablete ou usado no preparo do recheio. Bata mais.
  4. Leve toda a mistura a uma panela e cozinhe tudo em fogo médio novamente até levantar fervura.
  5. Depois, adicione a farinha de trigo aos poucos, mexendo sem parar até que a massa desgrude da panela.
  6. Retire a massa da panela e deixe esfriar quase completamente sob uma superfície lisa e untada.
  7. Sove a massa para ficar lisa e preparar a coxinha, abrindo um pedaço da massa na mão, entre o polegar e o indicador.
  8. Adicione uma pequena quantidade de recheio e modele posteriormente.
  9. Depois de modelada, a coxinha deve ser passada nas claras ou nos ovos e em seguida empanada com farinha de rosca.
  10. Então, basta fritá-la em óleo quente ou congelar para depois assar ou fritar.

Dica: se o seu objetivo for assar a coxinha, opte por fazer isso somente depois que ela estiver gelada ou resfriada, assim os riscos de desmontar enquanto está no forno são menores.

Quanto cobrar pela coxinha? O valor de venda da coxinha também pode ser calculado como o do pão caseiro - custos multiplicados por 3 - e varia de acordo com os ingredientes usados no recheio.

Outras opções de salgados com a mesma massa

Existem outros salgados diferentes que vendem tão bem quanto a coxinha e podem ser preparados com a mesma massa. Alguns deles são:

  • “almofadinhas” recheadas com presunto e queijo ou peito de peru;
  • croquetes;
  • risoles; e
  • bolinhos.

5.  Panqueca

Geralmente vendidas em duplas congeladas, as panquecas também fazem sucesso quando preparadas na hora: sejam doces ou salgadas.

Panquecas salgadas têm melhores resultados e dão mais lucro porque podem ser acompanhadas por uma salada ou chips - se vendidas já prontas - ou funcionam como uma refeição saudável e nutritiva que basta ser aquecida no micro-ondas para poder consumir ou servir.

Deixamos abaixo uma receita para massa de panqueca. O recheio fica à sua escolha.

Receita simples de Massa de Panqueca

Tempo de preparo: 30 minutos

Rendimento: 15 porções

Ingredientes
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de leite
  • 3 ovos
  • Sal a gosto
Modo de preparo
  1. Bata tudo no liquidificador e misture qualquer sobra de farinha até que a massa fique homogênea.
  2. Adicione uma concha de massa a uma frigideira antiaderente já em fogo médio e deixe dourar um dos lados.
  3. Vire a massa para que o outro lado doure.
  4. Retire a panqueca do fogo, deixe esfriar e depois adicione o recheio e feche.

Esse alimento com certeza é um tipo de comida que vende mais entre pessoas que não têm muito tempo para cozinhar em casa. Então fique de olho nesse perfil de consumidores.

6.  Brownie

Assim como as tortas, o brownie também pode ser vendido em pedaços, inteiro ou em marmitas de alumínio quadradas e retangulares de todos os tamanhos.

Esse doce é bastante procurado em seu formato tradicional (com e sem nozes), com coberturas diferentes como de doce de leite e Nutella e com pedaços de chocolate por dentro.

Para vender qualquer uma das opções de brownie, você precisa antes acertar em cheio na produção de sua massa - que representa justamente o brownie tradicional.

Receita de Brownie Tradicional

Tempo de preparo: 45 minutos

Rendimento: 15 porções

Ingredientes
  • 1 e ½ xícara de açúcar
  • 1 e ¾ xícara de farinha de trigo
  • 3 e ½ xícaras de chocolate em pó 50% ou 60% cacau
  • 3 ovos
  • 150 g de manteiga em temperatura ambiente
Modo de preparo
  1. Bata em batedeira os ovos, o açúcar e a manteiga, adicionando o chocolate em pó devagar.
  2. Peneire na mistura anterior toda a farinha de trigo e mexa devagar até formar uma massa homogênea.
  3. Unte e enfarinhe uma forma para então despejar nela toda a massa preparada.
  4. Leve o conteúdo ao forno pré-aquecido em 180º C até assar (30-40 minutos).
  5. Retire do forno e espere esfriar para servir ou cortar em pedaços.

E quanto posso cobrar pelo brownie? O valor de venda de um brownie vai depender de quanto foi investido em sua produção, do tamanho do pedaço ou da bandeja comercializados e de quantas porções cada receita renderá.

Brownies tradicionais são de R$ 2 a R$ 3 mais baratos do que os brownies com cobertura ou recheio especiais, por exemplo.

7.  Cookie

Preparar cookies para vender é um processo que reserva alguns segredos. Quais? Em primeiro lugar, seguir a receita com o máximo possível de fidelidade. 

Depois, deixar a massa descansar durante o maior espaço de tempo que conseguir e finalmente escolher a melhor assadeira que estiver à disposição para colocar cada biscoito para assar. Cada etapa é essencial para o sucesso do resultado.

Assim como o brownie, o cookie possui uma massa tradicional (americana) que pode ser transformada e incrementada conforme o desejo do cliente ou o de quem irá prepará-lo para venda. A receita da massa de cookie tradicional você confere abaixo.

Receita de Cookie tradicional (massa americana)

Tempo de preparo: 40 minutos

Rendimento: 15-20 porções

Ingredientes
  • ½ xícara de manteiga
  • ½ xícara de açúcar refinado
  • 1 xícara de açúcar mascavo
  • 1 e ½ xícara farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • ½ colher (chá) de sal
  • 1 ovo
  • Essência de baunilha a gosto
  • Chocolate em gotas ou picado ou outro ingrediente complementar à sua escolha (nozes, amendoim, castanhas etc).
Modo de preparo
  1. Derreta a manteiga e, separadamente, bata bem o ovo.
  2. Em liquidificador ou uma batedeira, misture a manteiga derretida, o sal, os açúcares e a essência de baunilha.
  3. Aos poucos, adicione à mistura o ovo já batido e continue mexendo.
  4. Também aos poucos, adicione a farinha de trigo ao conteúdo e continue batendo até tudo ficar homogêneo e firme.
  5. Acrescente o fermento em pó e mexa suavemente. Verifique se o conteúdo está aerado.
  6. Por fim, adicione o chocolate em pedaços.
  7. Se possível, deixe a massa descansando pelo menos 12 horas na geladeira. Caso tenha pressa para concluir o preparo, avalie a possibilidade de mantê-la em geladeira por pelo menos 6 horas. Saiba que o tempo ideal de descanso varia entre 24 e até 36 horas.
  8. Para cookies menores, pegue e uma colher de sopa cheia de massa, coloque o conteúdo em uma forma já untada (ou antiaderente) e use a parte de trás da colher para achatar um pouco a massa pensando no formato do alimento depois de assado.
  9. Distribua várias porções pela forma sem que uma fique próxima da outra.
  10. Finalmente, leve ao forno pré-aquecido em 170-180º C até as bordas começarem a dourar.
  11. Retire do forno e deixe esfriar antes de embalar ou servir.

Quer fazer cookie de chocolate usando a massa tradicional americana? Substitua o chocolate picado ou em gotas da receita por duas barras de chocolate: 1 amargo e 1 tradicional, com peso variando entre 150 g e 200 g. Cookies são delicados, mesmo! 

Então, faça experimentos para conhecer melhor a temperatura do seu forno, a altura ideal que você deseja para os biscoitos e qual marca de farinha e de chocolate é mais adequada à receita. 

Se achar válido, teste também produzir cookies recheados além dos simples e pergunte aos clientes o que acharam da novidade para saber se vale a pena continuar vendendo.

8.  Brigadeiro

Você não se engana quando a palavra “brigadeiro” é a primeira coisa que passa na sua cabeça se alguém pergunta “qual é o tipo de comida que mais vende no Brasil” ou pede uma receita de sobremesa que não tem erro. Mas tome cuidado ao produzir os seus! 

Brigadeiros com granulado muito doce, com textura porosa ou que grudam nos dentes quando mordidos vendem uma vez só para cada consumidor e nunca mais e são os doces preparados com carinho e atenção que conquistam verdadeiramente a clientela.

Comece aprendendo como fazer brigadeiros tradicionais para depois avançar aos com sabores diferenciados.

Receita de Brigadeiro tradicional para vender

Tempo de preparo: 40 minutos

Rendimento: 10 porções

Ingredientes
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 2 e 1/2 a 3 colheres de sopa de chocolate em pó preferencialmente 50% cacau
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de glucose*

*A função da glucose é evitar que o açúcar do doce cristalize, deixá-lo mais macio e aumentar seu brilho. Você pode optar por não utilizá-la, sem problemas. Nesse caso, tenha cuidado redobrado na escolha da sua panela e do utensílio que vai usar para mexer o conteúdo. Preocupe-se também com a altura do fogo durante todo o preparo.

Modo de preparo
  1. Misture todos os ingredientes em uma panela antiaderente e leve ao fogo médio.
  2. Mexa devagar e de forma constante.
  3. O brigadeiro está pronto quando a mistura estiver firme o suficiente para desgrudar do fundo da panela com o passar de uma colher ou espátula.
  4. Depois é só enrolar, passar no confeito ou granulado de sua preferência e embalar.

Outros sabores que vendem como água: preparado(a) para a próxima fase da produção e venda de brigadeiros? Converse com quem já compra de você para saber quais outros sabores interessam e verifique a possibilidade de produzir o docinho também para comemorações e festas.

Experimente as seguintes receitas de brigadeiros, além do tradicional:

  • brigadeiro de leite em pó;
  • brigadeiro de churros;
  • brigadeiro de paçoca;
  • brigadeiro de Oreo; e
  • brigadeiro de Ovomaltine.

9.  Geladinho (Sacolé)

Aquele tempo em que o sacolé ou geladinho era feito somente com frutas ficou no passado!

O saquinho contendo uma mistura de sorvete e raspadinha feita com morango, abacaxi, melancia e outros sabores mais tradicionais não deixou de ser vendido, mas a moda no momento são os geladinhos “gourmet”: com leite em pó, Nutella, paçoca ou de torta de limão ou bombom e por aí vai. 

Quem sabe a sua clientela não se interessa até mesmo por geladinhos alcoólicos, como o de caipirinha que anda fazendo Brasil a fora?

Estamos deixando a receita base para todos os sabores de sacolé feitos com leite. Ela é uma só e será misturada aos complementos antes de adicionada a cada saquinho e congelada com total higiene e cuidado.

Receita base para Sacolé com leite

Tempo de preparo: 30 minutos

Rendimento: 20 porções

Ingredientes
  • 1 lata e ½ de leite condensado
  • 1 litro e ½ de leite
Modo de preparo
  1. Bata os dois ingredientes no liquidificador.
  2. Se for preparar geladinhos com mais de um sabor, separe a mistura logo depois de bater. Destine aproximadamente 400 ml para cada preparo.
  3. Agora, acrescente os complementos de cada sabor à mistura e bata tudo novamente no liquidificador até misturar bem - pense sempre na forma de consumo do sacolé ou do geladinho e facilite a “vida” do seu cliente.
  4. Preencha os saquinhos com os respectivos sabores, deixando espaço para um nó bem firme na ponta.
  5. Leve os geladinhos ao freezer para congelar.

Essa receita base rende aproximadamente 20 sacolés feitos com leite e se você quiser que eles tenham diferentes sabores, separe entre 400 ml e 500 ml da receita para cada sabor.

Sacolés de sabores como Sonho de Valsa ou Serenata de Amor precisarão de pelo menos 2 bombons grandes misturados aos 400 ml da receita base. 

Os com chocolate precisarão de 2 barras pequenas do ingrediente ou 3-4 quadradinhos derretidos ou quebrados em pedaços pequenos e igualmente adicionados à receita base. 

Para sacolés de paçoca preparados com 400 ml de receita, misture 4 paçocas bem quebradinhas e para os de Ovomaltine utilize entre 3 e 4 colheres de sopa cheias do produto batido junto com a base.

10.  Bolo de pote

O bolo de pote para vender pode ter massa de baunilha ou de chocolate e o preparo não muda quando comparado com o de bolos tradicionais.

A principal diferença do bolo de pote para o tradicional é a sua montagem: como o próprio nome já diz, o bolo de pote é montado diretamente em um recipiente que será utilizado para venda e consumo do alimento.

No fundo do pote, acrescenta-se uma camada da massa já pronta; a próxima camada será de recheio (da preferência de quem compra e/ou vende); depois virá uma nova camada de massa e mais uma de recheio até que o recipiente fique completamente preenchido.

Há quem acrescente ainda uma decoração com chantilly, confeitos e outras coisinhas no topo do conteúdo antes de fechá-lo. Seja qual for a sua escolha, o importante é estar ciente de que todo e cada detalhe, quando bem pensado, pode ajudar inclusive a vender a lucrar mais.

Confira a receita da massa para bolo de chocolate e escolha o recheio que desejar para adicionar a ela.

Massa para Bolo de Pote de Chocolate

Tempo de preparo: 50 minutos

Rendimento: 6-8 porções

Ingredientes
  • 1 xícara de óleo
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 xícara de açúcar
  • 1 xícara de chocolate em pó 50% ou 60% cacau
  • 1 xícara de leite integral
  • 2 colheres (sopa) de fermento em pó
  • 5 ovos
Modo de preparo
  1. Em uma batedeira ou liquidificador, bata as claras em neve e adicione as gemas uma por uma, misturando tudo muito bem.
  2. Acrescente óleo à mistura e bata.
  3. Acrescente açúcar à mistura e bata novamente.
  4. Aos poucos, adicione a farinha e vá mexendo todo o conteúdo.
  5. Adicione também o chocolate em pó e o leite.
  6. Acrescente delicadamente o fermento e misture até ficar completamente homogêneo.
  7. Unte uma forma com manteiga e enfarinhe com chocolate em pó.
  8. Coloque a massa pronta na forma.
  9. Leve ao forno pré-aquecido a 180º C durante 30 minutos ou até conseguir espetar a massa com um palito sem que ele saia úmido.

Opções de recheios que combinam com massa de chocolate: deixamos a escolha do recheio por sua conta e destacamos que, assim como em outros preparos trazidos no decorrer deste conteúdo, testes e experimentos são fundamentais antes do início das vendas.

Podem combinar muito bem com massa de chocolate:

  • brigadeiro branco com preto (dois amores);
  • morango;
  • nozes com doce de leite; e
  • coco.

Quer vender outras receitas no mesmo formato?

Se achar que bolo de pote não é a melhor opção para você ou para o seu público-alvo, aqui estão outras ideias que funcionam tão bem quanto:

  • mousse no pote;
  • cuscuz no pote; e
  • pavê no pote.

Agora, mão na massa!

2 dicas extras para vender qualquer alimento

No decorrer de todo o texto, você viu aspectos importantes para o preparo de alimentos trazidos como sugestões. Mas muitos desses aspectos podem ser adotados como fundamentais no momento de se colocar qualquer receita em prática, principalmente se o objetivo for vendê-la no fim das contas.

Falamos, por exemplo, sobre precificar um produto multiplicando por 3 o dinheiro gasto para produzi-lo. A regra, claro, não se encaixa na precificação de qualquer alimento comercializado. Mas a preocupação majoritária com considerar quanto foi investido em produção, receita, embalagens e até mesmo no gás de cozinha, é completamente válida.

Além desse fator, outros dois pontos merecem destaque:

  • Independentemente de o que vender de comida que dá dinheiro, sempre usar ingredientes de qualidade e buscar por marcas que sejam conhecidas, usadas por outras pessoas e empresas que também produzem os mesmos alimentos e que tenham reputação firmada no mercado.
  • Fazer uma divulgação do que você vende, de forma “tradicional” com folhetos e no boca a boca, mas também através de um perfil comercial criado nas redes sociais mais utilizadas pelo seu público.

Não desista se as primeiras experiências correrem diferente do planejado. Vida de cozinheiro(a) é assim mesmo!

E-Book grátis

15 ideias de embalagens para inovar no delivery

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário