Como saber o ponto ideal da carne para churrasco

Imagina passar horas em frente a churrasqueira para comer uma carne sem gosto ou dura. Chato, né? Por isso, aprenda a hora de tirar a carne no ponto é essencial para garantir uma refeição gostosa para toda família e amigos.

Ponto carne churrasco

O ponto da carne de um churrasco pode variar entre mal passada, ao ponto e bem passada. Ela pode ter muitos tipos de cortes, preparos e finalizações, e cada uma será preparada de acordo com o gosto de quem vai comer o prato.

Para saber chegar no ponto ideal e do gosto de quem vai consumir a refeição, é preciso começar pelo corte da carne. Quanto mais espesso for o pedaço assado, mais tempo vai levar para atingir um ponto desejado.

Uma dica é ter todos os acessórios necessários para manusear a carne durante o churrasco: uma boa faca afiada, garfo para churrasco, tábua de carne e pratos largos para colocar os cortes e servir.

Afinal, qual o ponto certo da carne?

Bom, o nome “ao ponto” existe porque esse seria o ideal, ou seja, a carne está assada, nem crua e nem bem passada. Porém, sabemos que as coisas não funcionam assim. Cada pessoa possui um gosto para carne e ela deve ser assada para agradar quem vai a consumir. Em casa, isso é fácil de fazer.

No caso de churrascarias, normalmente o churrasco é oferecido ao ponto, mas é possível que o consumidor exija a carne mais para mal ou bem passada. Por isso, é importante sempre ter à disposição alguns outros espetos na churrasqueira e agradar o cliente.

Mas como saber o ponto da carne? Explicamos abaixo!

Como acertar o ponto da carne de churrasco?

Como citamos acima, existem três pontos de carne para churrasco: mal passada, ao ponto e bem passada. Para saber em qual ponto se encontra, é possível usar alguns truques simples como o termômetro, o mais indicado e certeiro, ou a coloração da carne.

Com o uso do termômetro não tem segredo, basta perfurar a carne com o próprio medidor e verificar a temperatura interna. Já com a coloração, basta realizar um corte e conferir a cor conforme o ponto que deseja.

Conheça cada um!

3 tipos de ponto da carne para churrasco

1.  Carne mal passada

Ponto carne mal passada

Para fazer um churrasco de carne mal passada, você precisa selar a peça aos poucos, por quatro ou cinco minutos cada lado. A temperatura deve ser observada no termômetro e ficar entre 50ºC a 55ºC.

A coloração interna é rosada opaca e levemente dourada por fora. A carne, nesse caso, é muito suculenta e macia, mas o sabor é mais semelhante ao cru.

Esse tipo de churrasco é indicado para peças de carne mais grossas, como a picanha, e é considerado o melhor jeito de sentir o sabor real da peça assada.

2.  Carne ao ponto

Carne churrasco ao ponto

Esse é o ponto coringa, muito utilizado quando não se sabe exatamente a preferência de quem vai consumir a carne. Ela deve ser assada aos poucos, de seis a sete minutos cada lado, sempre virando. Ao atingir o ponto, deve apresentar a temperatura entre 60ºC a 65ºC.

A cor interna é rosada, mas apenas uma pequena faixa central, e por fora possui bordas tostadas. A carne tem textura mais firme, mas continua suculenta.

3.  Bem passada

Carne churrasco bem passada

Para esse ponto, a carne precisa ter cada lado assado por 10 minutos, sempre virando. A temperatura interna ideal é entre 70ºC e 75ºC.

Por dentro, a sua cor é uniformemente marrom, possui textura mais rígida e não possui suco. Por fora, tem extremidades também marrons e pode até parecer mais dura.

É considerado o ponto mais difícil para um churrasqueiro, já que deixar demais no fogo pode fazer a carne perder totalmente o seu sabor ou até mesmo apresentar partes queimadas.

E aí, já sabe qual o ponto preferido da sua turma de convidados? Organize os utensílios, passe no supermercado e bom churrasco!

Veja também:
Como fazer um típico churrasco americano?
Como fazer uma maionese caseira simples e saborosa
5 receitas de drinks com gin que você precisa fazer

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário