7 combinações para a harmonização de vinhos e queijos

A harmonização de vinhos e queijos é realizada através das características dos laticínios, pensando na mistura de sabor entre o salgado da comida e a acidez proporcionada pelos vinhos.

Harmonização vinhos queijos

Conhecer um pouco sobre a harmonização de vinhos e queijos é saber que o vinho deve combinar com o queijo de maneira sutil, delicada e completa, caso contrário a combinação pode ser um fracasso de sabores.

Mesmo que o vinho seja preparado na melhor vinícola do mundo, quando o queijo que o acompanha não é o ideal, a experiência acaba sendo comprometida.

Cada tipo de queijo combina especialmente com um tipo de vinho, promovendo um equilíbrio entre a mistura desses dois componentes.

A gordura e a consistência do queijo, quando harmonizado corretamente com a acidez e o corpo da bebida, trazem a sensação de um terceiro sabor, que deve ser equilibrado, sem permitir que o sabor forte do laticínio anule ou diminua a presença do vinho no paladar.

Tipos de queijos e vinhos

Para escolher o vinho certo para cada tipo de queijo é preciso entender o processo de preparação do laticínio.

É importante saber qual a fonte do leite (vaca, cabra, ovelha ou búfalo) e, por fim, entender o nível de maturação de cada pedaço. Lembrando de distinguir também quando não há maturação.

Dessa maneira, a harmonização com os vinhos fica em equilíbrio e sem riscos de erros. Outra forma mais simples de acertar na combinação, é classificando os tipos de queijo.

Os queijos mais suaves e moles pedem um vinho mais suave. Os vinhos mais encorpados, por sua vez, acompanham melhor queijos que possuem uma textura mais dura.

Para lacticínios mais gordurosos, os vinhos ideais são aqueles cuja acidez é mais acentuada.

Por outro lado, os queijos com um nível de maturação muito alta, ou seja, queijos aromáticos, combinam melhor com os vinhos que possuem o mesmo poder de aromatização.

Os vinhos brancos ou os espumantes combinam melhor com queijos cujo nível de sal seja presente e acentuado, assim como queijos mais amargos.

Para que fique mais simples a explicação, nós escolhemos alguns queijos mais conhecidos e trouxemos sete combinações perfeitas para você.

Confira!

7 combinações de vinhos e queijos para harmonizar

1.  Queijos azuis

Queijos azuis

Aqui, ao invés de trazer um único queijo, trouxemos uma categoria na qual engloba quatro variações diferentes.

O motivo é bem simples: a produção é muito parecida, o que faz com que combine exatamente com os mesmos tipos de vinhos e espumantes.

São classificados como queijos azuis:

  • gorgonzola;
  • roquefort;
  • stilton; e
  • saint agur.

Todos possuem uma textura úmida, o que favorece o desenvolvimento do bolor, além de que o teor do sal é muito maior do que em outros queijos.

Portanto, são indicados para acompanhar esses queijos:

  • espumantes mais aromáticos; e
  • vinhos brancos frutados, como os Riesling, Licorosos ou Passitos.

2.  Queijo brie

Queijo brie

A harmonização de queijo brie e de vinhos acontece com base na formação do queijo, que é derivado de leite de vaca e possui uma camada branca de fungos comestíveis em sua casca.

Para este queijo, são indicados:

  • vinhos brancos, como o da uva Chardonnay; e
  • vinhos tintos da linha Pinot Noir e o Merlot.

3.  Queijo feta

Queijo feta

Este é produzido a partir do leite da cabra e, por isso, seu sabor é levemente salgado, além da sua aparência ser branca e menos densa.

Exatamente por ser mais fresco que os demais, ele não combina muito bem com vinhos tintos.

Por isso, aposte na combinação de queijo feta com vinhos brancos de uma maneira geral, pois o vinho branco possui uma acidez muito maior quando comparado ao tinto, o que equilibra com o sabor salgado e fresco do laticínio.

4.  Queijo camembert

Queijo camembert

Apesar de ser confundido com o brie, o queijo camembert possui um sabor mais forte e um aroma mais intenso. Além disso, possui uma picância natural e seu miolo é composto por uma massa mole.

Mesmo contendo algumas mudanças quando comparado ao queijo brie, este combina com os mesmo vinhos, isto é, aposte nos:

  • tintos Pinot Noir e Merlot; e
  • branco Chardonnay.

5.  Queijo mussarela de búfala

Queijo mussarela búfala

Pode possuir um leve toque cítrico, mas na maioria dos casos é extremamente fresco e sem quase ou nenhuma maturação.

Não possui cascas ou coloração amarelada e seu sabor é suave, com alto teor de umidade.

Para a combinação ideal, aposte em vinhos brancos suaves e frutados, que possuam uma leve acidez, como Greco di Tufo, Fiano e Alvarinho.

6.  Queijo parmesão

Queijo parmesão

O parmesão possui um tempo longo de maturação, o que faz com que seu sabor seja extremamente forte, misturando salgado com toques doces e uma quantidade de acidez equilibrada.

Mesmo contendo uma parcela de sal, o sabor não fica agressivo, mas, devido ao tempo de maturação, é indicado dar preferência aos vinhos tintos mais velhos e que possuam um leve teor de acidez.

Combine o parmesão com uma boa garrafa de vinho tinto italiano, como o Brunello, Barbaresco, Nebbiolo e Barolo.

7.  Queijo gruyère

Queijo gruyère

Por último, um queijo cujo sabor leva um toque adocicado, parecido com os das nozes e das castanhas. Apesar do toque mais doce, possui uma leve picância, o que influencia na escolha dos vinhos e dos espumantes.

A combinação com esse queijo, por causa da sua suavidade, faz com que seja talvez a mais fácil, pois é possível harmonizar o sabor do queijo, com vinhos tintos suaves como o Merlot e Grenache.

Contudo, pode-se ainda, harmonizar com espumantes com um leve aroma cítrico, e vinhos brancos frutados como o Chardonnay e o Sauvignon Blanc.

Tabela de harmonização queijos e vinhos

Veja abaixo outras combinações ideias de queijos e vinhos, além dos exemplos citados acima.

Tabela harmonização queijos vinhos

Fondue e vinho: como combinar?

Combinar fondue vinho

Você sabe como fazer uma harmonização perfeita entre o fondue de queijo e o vinho?

O fondue é preparado em uma panela chamada Caquelon, a qual é mantida aquecida com o auxílio de um "réchaud", isto é, uma pequena chama colocada embaixo da panela com a intenção de manter a comida sempre quente.

Dito isso, saiba que os queijos para fondue são:

  • gruyère;
  • emmental;
  • gouda;
  • brie;
  • taleggio; e
  • camembert.

Com isso, aposte em vinhos secos, sejam eles tintos ou brancos, dando preferência para os vinhos brancos secos. De todo modo, não tenha medo de combinar os vinhos tintos secos como o Merlot e o Pinot Noir.

Caso você prefira os vinhos brancos, aposte no Chardonnay amadeirado ou qualquer outro vinho branco seco chileno, ou italiano.

E-Book grátis

15 ideias de embalagens para inovar no delivery

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário