Quais tipos de batata têm no Brasil?

Conheça os sete tipos de batatas que existem no Brasil e descubra a diferença de cada uma, além de outras curiosidades interessantes sobre esse tubérculo.

Tipos de batata

Batata-inglesa, batata-doce e bolinha são apenas três tipos de batatas existentes no universo dos tubérculos nacionais que conta ainda com outras quatro espécies diferentes, tanto na cor quanto na composição nutritiva e no formato.

Dito isso, você sabia que a batata é o quarto alimento mais consumido no mundo? E que, no Brasil, existe uma associação especial para esses tubérculos, chamada de Associação Brasileira de Batatas (ABBA)?

Pois bem, a ABBA é responsável pelos cuidados na plantação, verificando a qualidade do produto e cuidando para que o plantio tenha continuidade no nosso país, dando suporte aos cultivadores.

Você sabe quantos tipos de batatas existem no mundo? E quantas espécies diferentes são produzidas aqui no Brasil? Veja só!

Quantos tipos de batata existem?

Segundo a ABBA, existem, no mundo, aproximadamente quatro mil tipos de batatas com 85 gêneros diferentes, porém, aqui no Brasil, é comum encontrar apenas sete, devido ao clima e às condições de plantio.

Esses sete tipos mais comercializados contam com diferentes níveis de amido e de água, ingredientes importantes para distinguir qual espécie é melhor para fritar, cozinhar ou assar.

Por exemplo, quando o teor de amido for:

  • alto ou muito alto: é aconselhável fritar ou assar o vegetal.
  • nível médio: a batata pode ser usada para qualquer receita.
  • baixo: o ingrediente é indicado para ser cozido.

Confira agora quais são as espécies existentes e aprenda um pouco mais sobre cada uma e o melhor, saiba como usá-las para ganhar mais sabor nos pratos do seu dia a dia. Vamos lá?

7 tipos de batatas mais vendidas no Brasil?

A lista conta com a batata-inglesa, batata-asterix, batata-doce, bolinha, batata-baraka, yacon e baroa. Você provavelmente consome algumas delas e nem nota a diferença, não é? Mas, aqui, nós vamos explicar cada uma delas. Vem ver!

1.  Batata-inglesa

Batata inglesa

A mais tradicional das batatas, muito usada na cozinha brasileira para qualquer prato, porém, seu teor de amido e água são baixos.

Por isso, é aconselhável usar essa espécie para cozinhar, criar purês ou usar como acompanhamento de carnes de panela.

Seu formato é médio, arredondado e, geralmente, sua casca é mais amarelada e seu interior acompanha o tom da colação de fora.

2.  Baroa

Batata baroa

Depois da inglesa, a baroa é uma das espécies mais consumidas pelos brasileiros, ótima para sopas e para pratos cozidos, pois seu teor de amido é baixo e ela possui bastante água.

Sua coloração externa é bem amarela e seu tamanho também a difere bastante da inglesa, pois seu comprimento é longo e em formato mais uniforme, se assemelhando bastante à mandioca.

3.  Batata-doce

Batata doce

Sua coloração pode ser variada, branca, amarela, roxa e vermelha, tem seu formato mais longo e possui muitas fibras e teor médio de amido, por isso pode ser usada em inúmeras receitas.

É preciso ressaltar que a batata-doce é a queridinha de quem segue a vida fitness, pois traz sustentação e suas calorias são mais baixas em comparação às outras espécies.

4.  Bolinha

Batata bolinha

Essa espécie é muito variada, seu tamanho é pequeno e seu formato é bem arredondado, tem várias cores e sua coloração interna é quase sempre clara.

Seu nível de amido é similar ao da batata-inglesa e por isso ela pode ser usada para assar, cozinhar e principalmente para fazer compotas, uma vez que seu tamanho é reduzido.

É comum que as pessoas usem essa versão com casca, pois a parte exterior traz uma crocância a mais para o prato, especialmente quando é assada.

5.  Asterix

Batata asterix

A asterix, ao contrário da inglesa, tem teor altíssimo de amido e por isso é indicada para fritura e para ser usada na receita de nhoques, em que as batatas mais farinhentas são essenciais para a mistura.

O formato é oval e sua polpa é clara como a batata-inglesa, mas sua casca é rosada, puxando para um tom de vermelho, mais claro que a cor da batata-doce.

6.  Baraka

Batata baraka

A melhor espécie para fritar! Possui pouca água e muito amido, o que deixa o prato crocante sem qualquer esforço.

Seu aspecto é oval e sua casca parece estar sempre suja, remover a terra desse tubérculo é difícil, por isso não é aconselhável ingerir com a casca.

Sua coloração é branca por dentro e seu sabor é inconfundível, sendo assim, também é ótima para pratos cozidos. Experimente!

7.  Yacon

Batata yacon

Com baixo teor calórico, a batata yacon também pode ser usada em dietas, o problema é que essa espécie quase não é conhecida, por isso está na última posição na lista.

Pode ser usada em saladas cruas, já que esse tipo pode ser consumido cru, mas também pode ser utilizado na preparação de massas e macarrão no geral.

Sua polpa é amarela escura e sua casca possui um tom de vermelho mais forte, puxado quase para um vermelho-amarronzado.

Para encerrar, apesar da sua construção nutritiva, as batatas não devem ser ingeridas quando a coloração estiver esverdeada ou brotando, já que podem causar intoxicação alimentar nesses estágios.

Fora essa ressalva, aproveite e coloque em prática as dicas deste artigo e prepare um delicioso fondue de queijo, usando as batatas-bolinhas e surpreenda seus convidados. Bom apetite!

E-Book grátis

15 ideias de embalagens para inovar no delivery

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário