O que é gianduia? Conheça a sua história e origem!

O que é gianduia e qual sabor ela tem? A resposta para essas e outras perguntas estão aqui! Descubra tudo sobre a história dessa mistura e aproveite para anotar receitas de pudim, sorvete e mousse com gianduia.

Gianduia

Se você quer descobrir exatamente o que é gianduia, veio ao lugar certo! Para começar, gianduia não é uma fruta, como muita gente pensa, mas sim um doce: um creme composto por 70% de chocolate e 30% de pasta de avelã, que surgiu na Itália vários séculos atrás.

A gianduia é diferente da Nutella e pode ser encontrada à venda inclusive aqui no Brasil em seu formato mais pastoso, armazenada em potes ou embalagens semelhantes, ou em seu formato mais sólido, em barras e pedaços que desmancham na boca.

De um jeito ou de outro, vale a pena experimentar!

Logo abaixo, você encontra detalhes sobre a história do surgimento da gianduia e entende de uma vez por todas as diferenças entre essa mistura italiana e a famosa Nutella.

Quem inventou a gianduia?

A gianduia, pasta com 70% de chocolate e 30% de creme de avelã, foi criada em algum momento perto do ano de 1.600 por dois italianos fundadores de uma famosa fábrica de chocolate europeia. Eles se chamavam Michele Prochet e Paul Caffarel e habitavam a região de Turim, em Piemonte.

O que levou à origem da gianduia?

Conta a história da gianduia que os seus criadores piemonteses foram obrigados a encontrar substitutos para o cacau na região em que viviam, justamente porque o fruto estava em falta, o que atrapalhava a produção do chocolate. Durante essa busca, eles obtiveram sucesso ao realizar experiências de misturas usando a avelã, alternativa que se incorpora perfeitamente ao cacau.

E de onde vem o nome gianduia?

O nome gianduia vem de um substantivo próprio italiano, “Gianduja”, atribuído a um personagem do carnaval de Piemonte que andava pelas ruas carregando um pote (“duja”), geralmente usado para o transporte e armazenamento de vinho, mas, segundo a história, esse pote era usado especificamente por esse personagem para carregar a pasta de chocolate e avelã.

Afinal, o que é sabor gianduia?

Essa é a pergunta que não quer calar: gianduia tem sabor de quê? E respondê-la pode parecer fácil, mas está longe disso!

Podemos dizer que a pasta gianduia é um doce-não-tão-doce, muito cremoso e de presença marcante. Não à toa, seu sabor está entre um dos mais apreciados da confeitaria de todo o mundo e alguns costumam descrever sua degustação como uma verdadeira alquimia.

Vale reforçar: gianduia e Nutella realmente têm sabores e texturas relativamente próximos, mas não iguais. Até porque elas não são a mesma coisa.

Qual a diferença entre gianduia e Nutella ou creme de avelã?

Apesar de terem surgido pelo mesmo motivo - a escassez de cacau na linha de produção de chocolates em suas respectivas regiões - a pasta de gianduia e a Nutella são criações de séculos diferentes e têm componentes diferentes também.

A Gianduia surgiu no século XVII, como você viu anteriormente, e continua sendo produzida artesanalmente ao redor do mundo. A Nutella, por sua vez, passou a ocupar prateleiras de armazéns e mercearias somente em 1964 e é fabricada em escala industrial. Além disso (ou por isso), suas composições também diferem:

Gianduia = 70% chocolate + 30% pasta de avelã
Nutella = óleo vegetal + pasta de avelã + outros ingredientes + conservantes

A título de curiosidade, o produto “Nutella” é assinado por Pietro Ferrero, fundador da marca “Ferrero Rocher”. Ele até foi chamado, inicialmente, de “Pasta Gianduja”, mas mudou de nome em pouco tempo. Reza a lenda que o irmão de Pietro se tornou dono da marca “Nutella” depois de uma briga entre os dois e Pietro passou a ser responsável somente pela produção dos bombons Ferrero.

Quais receitas podem levar gianduia?

Você viu no começo do texto que interessados conseguem encontrar a gianduia para vender tanto em formato cremoso quanto em formato mais sólido. Fique sabendo também que é possível fabricar e consumir sorvete de gianduia, por exemplo!

E mais: outras receitas, como de tortas e mousses, podem levar a mistura 70% chocolate e 30% pasta de avelã em seu preparo.

Veja, a seguir, algumas sugestões de receitas e, se quiser, tome nota dos ingredientes e do passo a passo para colocá-las em prática.

Sorvete de gianduia

Tempo de preparo: 60 minutos para o leite de avelã + 60 minutos para o sorvete. Além do tempo de congelamento.

Rendimento: 8-10 porções

Ingredientes

  • 3 xícaras de leite integral
  • ¼ de xícara de creme de leite fresco
  • ¾ de xícara de açúcar cristalizado
  • 1 xícara com avelãs inteiras, já tostadas no forno e sem casca
  • 60 g de chocolate meio-amargo ou amargo
  • 3 gemas
  • ½ colher (chá) de essência de baunilha
  • ¼ de colher (chá) de sal marinho

Modo de preparo

  1. Em uma panela em fogo médio, ferva o leite junto com as avelãs. Depois do ponto de fervura, diminua o fogo e mexa por 5 minutos.
  2. Desligue o fogo e tampe a panela. Deixe as avelãs e o leite na panela tampada e descansando por 20 minutos.
  3. Bata o leite com as avelãs no liquidificador.
  4. Coe o conteúdo batido em um recipiente, usando um pano limpo como coador no processo.
  5. Com o conteúdo já frio, esprema o pano sobre o recipiente para escorrer ainda mais.
  6. Separe 2 e ½ xícaras do leite de avelã que obteve com esse processo. Se não chegar à quantidade, complete com leite ou creme de leite.
  7. Aqueça 2 e ½ xícaras de leite de avelã e o creme de leite indicado nos ingredientes da receita em uma panela em fogo baixo ou médio. Quando a mistura começar a ferver, acrescente o chocolate picado.
  8. Mexa até ficar homogêneo e reserve na própria panela.
  9. Em outro recipiente, bata as gemas e o açúcar e acrescente à mistura, aos poucos, ¼ do chocolate reservado anteriormente. Mexa bem.
  10. Una os dois preparos: as gemas batidas com o açúcar e com parte da mistura de chocolate e o restante do chocolate que está reservado na panela.
  11. Leve novamente ao fogo baixo ou médio e mexa sem parar. Desligue antes do ponto de fervura.
  12. Passe o creme em uma peneira para deixá-lo cremoso e sem pedaços.
  13. Acrescente a baunilha e o sal e mexa um pouco mais.
  14. Adicione o conteúdo a um recipiente que você possa tampar apenas pela metade e leve à geladeira até o dia seguinte.
  15. Para obter a consistência de um sorvete, no dia seguinte, leve a mistura ao congelador por algumas horas, retire-a e bata com um fouet. Não se preocupe! Como estamos falando de uma receita sem os tradicionais estabilizantes que são adicionados aos sorvetes, sua mistura não deve congelar e você pode mexer tranquilamente, ok?
  16. Repita o procedimento por 3-4 vezes e finalmente deixe a mistura gelar por 60-120 minutos antes de servir.
  17. Sirva sem precisar descongelar antes.

Mousse com gianduia

Tempo de preparo: 60 minutos + 6 horas no freezer

Rendimento: 6-8 porções

Ingredientes

  • 1 xícara de açúcar
  • 3 colheres (sopa) de água
  • 11 gemas
  • 350 g a 400 g de gianduia
  • 1 l de creme de leite fresco
  • 40 ml de licor de amêndoas (opcional)

Modo de preparo

  1. Utilize uma batedeira em velocidade média para bater as gemas e reserve.
  2. Derreta a gianduia no micro-ondas em potência baixa ou média, mexendo de tempos em tempos e reserve também.
  3. Em uma panela, ferva a água e o açúcar e depois misture-os às gemas, batendo novamente na batedeira.
  4. Acrescente a gianduia derretida à mistura aos poucos e sempre mexendo bem.
  5. Por último, adicione o licor e mexa mais.
  6. Leve tudo ao freezer por 45 minutos.
  7. Retire a mistura do freezer e acrescente, aos poucos, o creme de leite já batido. Mexa até ficar homogêneo.
  8. Proteja o prato com um plástico-filme e leve novamente ao freezer por 5-6 horas.
  9. Sirva com ou sem cobertura!

Pudim fácil de gianduia

Tempo de preparo: 60 minutos + resfriamento

Rendimento: 6-8 porções

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado
  • 500 ml de leite integral
  • 4 ovos
  • 100 g de gianduia (creme ou pasta)
  • ½ xícara (chá) de água
  • ½ xícara (chá) de açúcar

Modo de preparo

  1. No liquidificador, misture o leite e a gianduia.
  2. Adicione o leite condensado e os ovos, bata novamente e reserve tudo.
  3. Em uma panela em fogo baixo, misture a água e o açúcar e vá mexendo até obter uma calda.
  4. Despeje a calda em uma forma adequada para pudim e leve à geladeira por 15-20 minutos para esfriar.
  5. Adicione o conteúdo preparado no liquidificador à forma com a calda já fria.
  6. Cubra a forma com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 200 ºC por 60 a 75 minutos. É opcional levar ao forno em banho-maria.
  7. Quando a mistura estiver com aspecto de pudim, retire-a do forno e deixe descansar por 60 minutos antes de gelar.
  8. Coloque o conteúdo na geladeira por pelo menos 4 horas.
  9. Desenforme e sirva como preferir.

Gostou das receitas e de todas as curiosidades sobre a gianduia? Que tal compartilhar essa delícia com os amigos através das suas redes sociais? Você não precisa ficar passando vontade sozinho, não é mesmo?

E-Book grátis

15 ideias de embalagens para inovar no delivery

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário