Amaciante de carne: como e qual usar?

Quer preparar um delicioso churrasco, mas a carne não é nobre e precisa ser amaciada? Não se preocupe: aqui, você vai descobrir qual amaciante de carne usar e vai aprender dicas de produtos naturais para usar e arrasar no churrasco.

Amaciante de carne

O amaciante de carne, seja natural ou industrializado, é usado em peças mais fibrosas, com mais nervos e gordura, com o intuito de deixar a carne mais macia. Para isso, basta usar um pacotinho do produto ou aplicar técnicas naturais, como a imersão da peça no suco de abacaxi.

Seja usando o produto pronto ou o natural, o resultado é praticamente o mesmo. A diferença está em que o natural é mais saudável e, algumas vezes, mais barato que a versão pronta, principalmente porque algumas delas contêm excesso de glúten e sódio.

Ou seja, se você for oferecer a carne amaciada com produto industrial, certifique-se de que não há pessoas alérgicas entre os seus convidados, ok?

Dito isso, saiba como usar as duas versões de amaciantes para carne no seu churrasco e surpreender seus convidados com a maciez e suculência em cortes de segunda mão.

Como usar amaciante industrializado de carne?

Na maioria das vezes, basta despejar o conteúdo do pacotinho de amaciante pronto na carne que será usada, deixando a peça descansar por mais ou menos 30 minutos antes de assar.

Espalhe bem o produto por todos os lados da peça para que fique macia por igual. Além disso, é importante dizer que a maioria dos produtos prontos possuem temperos, porém, nada impede que você use outros.

Também é importante ler o rótulo antes de usar o produto, pois, apesar da maioria ter o mesmo modo de preparo, é possível que alguma marca possua um “Q" a mais.

Um exemplo é o uso da refrigeração durante o tempo de espera, que algumas marcas sugerem, para acelerar o efeito do produto. Já outras marcas pedem que o produto seja desmanchado em água para ser utilizado.

Por isso, a importância em ler os rótulos antes do uso, descobrindo seu modo de preparo ideal e quais ingredientes possui.

Mas, se você optou por usar o amaciante natural, o modo de usar pode mudar um pouquinho, veja só!

Como usar o amaciante natural?

Os amaciantes naturais geralmente vêm de frutas com alta taxa de enzima, como mamão verde e abacaxi ou, ainda, misturinhas mais ácidas, que levam alho, limão, vinagre e, claro, temperos da sua preferência.

Ambas as receitas precisam ter temperos incluídos, ou seja, se você for usar o suco de abacaxi para marinar a carne, não esqueça de temperá-la antes, com sal, pimenta-do-reino e outras especiarias da sua escolha.

Ao contrário do industrializado, o amaciante natural não precisa de 30 minutos de descanso, bastando apenas 10 minutos marinando com o preparo do amaciante natural para a carne estar pronta para ser usada.

Aqui vai uma dica extra para amaciar naturalmente, sem qualquer fruta, produto ou tempo de espera: o segredo é usar ferramentas que possibilitam o mesmo resultado de maciez.

O martelinho e o garfo, por exemplo, podem ser ótimos aliados na busca por essa melhoria da carne.

Basta martelar a peça antes de usar ou fazer pressão com o garfo. O único ponto negativo é que com ele não é possível alcançar um bom resultado quando a carne for muito grossa, pois acaba amaciando a peça apenas por fora.

Sendo assim, em peças mais grossas, dê preferência ao uso dos amaciantes com frutas, misturinhas ou mesmo o produto industrializado. Se você quer saber qual dessas opções é a melhor, continue a leitura.

Qual o melhor amaciante de carne?

A melhor opção é o amaciante natural que, por causa do alto nível de enzima das frutas, nutre a carne de maneira integral, deixando a peça mais suculenta e macia.

Outro fator que conta pontos positivos para o preparo natural é a quantidade de ingredientes usados nos produtos industrializados.

Muitos deles contêm corantes e outros aditivos químicos, como aromatizantes artificiais e acidulantes, ingredientes artificiais e nem saudáveis, principalmente se forem consumidos com frequência.

Por fim, o amaciante natural da fruta ou das misturinhas, como a que já citamos neste artigo, possuem um preço muito mais em conta, também.

Ou seja, é saudável, mais barato e ainda garante um resultado muito melhor para amaciar a carne. Agora, veja mais detalhadamente as opções naturais e como prepará-las.

Amaciante de carne natural: opções e modo de preparo

Abaixo, você vai aprender a preparar o suco de abacaxi temperado, a misturinha de alho e o amaciante à base de mamão papaya verde.

Suco de abacaxi

Suco abacaxi amaciar carne

Tempo de preparo: 20 minutos

Rendimento: para 1 kg de carne

Ingredientes

  • 50 ml de suco de abacaxi
  • Sal e pimenta-do-reino
  • Alho triturado

Modo de preparo

  1. Misture o suco de abacaxi com sal, pimenta-do-reino, um pouco de alho triturado e umedeça a carne por igual, de todos os lados.
  2. Deixe a carne dentro de um saco plástico para comida, junto com o suco, marinando por 10 minutos.
  3. Em seguida, pode levar direto para a churrasqueira ou grelha, já que as enzimas do abacaxi continuam atuando mesmo depois de retirar a carne do contato direto com o líquido.

Atenção: acrescente o suco de ½ limão à misturinha, quando a carne for do tipo suína.

Misturinha de alho

Amaciar carne mistura alho

Tempo de preparo: 20 minutos

Rendimento: para 1 kg de carne

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • ½ suco de limão
  • ½ copo de vinagre
  • Alho triturado
  • Sal, pimenta-do-reino e chimichurri

Modo de preparo

  1. Misture bem todos os ingredientes e deixe a carne de molho nesse preparo por em média 10 minutos.
  2. Para uma maciez maior, aumente o tempo de espera.

Obs: não é preciso lavar a carne para tirar o amaciante natural.

Mamão papaya

Mamão papaia amaciar carne

Tempo de preparo: 20 minutos

Rendimento: para 1 kg de carne

Ingredientes

  • ½ mamão papaya verde
  • Chimichurri e alho triturado
  • Sal e pimenta-do-reino

Modo de preparo

  1. Em um liquidificador, coloque o mamão papaya verde - é importante que ele esteja verde, pois o teor de enzima é maior.
  2. Bata com os temperos e misture esse creme mais espesso em toda a carne.
  3. Deixe marinar por 10 minutos e asse em seguida, retirando o excesso de creme da peça, mas sem lavar a carne, ok?

Em nenhum dos casos leve a carne marinando para a geladeira, pois, ao refrigerar a peça, o sabor das frutas e do vinagre podem permanecer na carne mesmo depois de assada.

Sendo assim, deixe a peça marinar em temperatura ambiente, sem qualquer refrigeração.

Amaciante de carne faz mal pra saúde?

Os amaciantes naturais não trazem qualquer efeito colateral para a saúde, mas os industrializados podem trazer, sim, quando consumidos em grande quantidade.

Por exemplo, alguns produtos prontos trazem uma vasta quantidade de aditivos alimentares em sua composição, como já mencionamos, e alguns ultrapassam a quantidade de sódio permitido, podendo causar efeitos colaterais.

Pessoas asmáticas, quando introduzidas a esse tipo de alimento, podem sentir náuseas e fortes dores de cabeça, por exemplo.

O glutamato monossódico é o responsável por esses sintomas, mas, além de quem sofre de asma, esse ingrediente classificado como “geralmente reconhecido como seguro” pela FDA - Food and Drug Administration - , também pode trazer problemas a quem não tem qualquer comorbidade.

Náuseas, formigamento, dor no peito, sudorese e fraqueza são apenas alguns dos sintomas ocasionados pelo consumo excessivo desse ingrediente.

Dito isso, prefira sempre o amaciante natural ao invés dos produtos processados. Afinal, o resultado é basicamente o mesmo e sem qualquer dano à saúde de quem consome.

Gostou das dicas? Que tal pôr em prática e preparar um delicioso churrasco para a família e os amigos? Aproveite e bom apetite!

E-Book grátis

15 ideias de embalagens para inovar no delivery

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário