Dicas para montar uma tábua de frios simples e saborosa

Aprenda a escolher e calcular ingredientes para montar uma tábua de frios simples e descubra como servir aos convidados e saiba mais sobre harmonização dos alimentos com vinhos.

Tabua frios simples

É super possível montar uma tábua de frios simples e cheia de capricho e sabor. Afinal, refeições como essa podem ser aproveitadas a dois ou servidas como petiscos para receber amigos — e são sempre dignas de uma linda postagem nas redes sociais!

O objetivo da tábua de frios é justamente a praticidade. Por essa razão, nela sempre estarão presentes produtos que possam ser encontrados na feira ou no supermercado, na padaria e até mesmo, muitas vezes, no catálogo de aplicativos de entregas.

Confira as dicas que separamos para você montar seu mix delicioso e especial, tornando-o inesquecível para seus convidados.

Como preparar uma tábua de frios simples?

Para se fazer uma tábua de frios simples e bonita, você vai precisar, antes de qualquer coisa, saber onde colocará os ingredientes. Mesmo que você não tenha uma tábua adequada em casa ou não queira servir a comida nas que têm, bandejas, petisqueiras, bowls e até pratos maiores cumprem a função.

Você pode até montar uma mesa de frios!

E vale lembrar que também vai precisar calcular quantas pessoas consumirão os itens. Dessa forma, conseguirá montar uma tábua farta e sem gastar rios de dinheiro.

Calcule da seguinte maneira: se os petiscos estiverem servidos como entrada, cada pessoa come mais ou menos 150g de cada ingrediente.

Se a ideia da tábua for cumprir o papel de prato principal, então cada pessoa deverá consumir mais ou menos 300g ou 400g de cada item.

Não podem faltar numa tábua de frios: organização e cor. Além disso, os alimentos precisam ser apresentados em cubos, fatias ou similares.Pense neles como finger foods, ou seja, comidinhas que possam ser “beliscadas” com as pontas dos dedos, garfos ou palitinhos (sempre individuais).

Os ingredientes para tábua de frios simples

Os ingredientes podem ser apenas queijos e frutas ou queijos, pães e embutidos. Mas também podem ser queijos, pães, patês ou geleias, frios e até mesmo molhos.

Aliás, que tal buscar na internet por molhos que você possa fazer por conta própria e com ingredientes que já tenha em casa?

Existe ainda a possibilidade de se montar uma tábua vegetariana, para servir aos que não consomem lacticínios e carnes. A escolha é sua: você só precisa se lembrar de agradar todos os paladares!

Vamos deixar aqui a lista dos principais e mais utilizados ingredientes de uma tábua de frios e antepastos, como aqueles servidos em jantar italiano. Lembre-se de colocar à disposição dos seus convidados itens que possam ser consumidos juntos e não apenas separadamente, um por um.

Queijos: os queridinhos

  • Escolha pelo menos três ou quatro tipos diferentes.
  • Devem ser oferecidas opções mais “intensas” e fortes, além das opções mais suaves.
  • O quarteto de queijos clássicos é composto por: parmesão, gorgonzola, provolone e muçarela.
  • Outros queijos internacionais bem gostosos são o Brie e o Gouda. Entre os nacionais, há algumas opções de escolhas mais ousadas: queijo colonial, da canastra, queijo coalho e queijo serro.

Embutidos e carnes

  • Cuidado ao escolher: se algum embutido for mais salgado, a tábua vai precisar de outros ingredientes com menos sal ou sabor mais suave em prol do equilíbrio.
  • Opções frequentes: presunto, mortadela defumada, peito de peru, salame, rosbife, calabresa, lombo. Considere itens de charcutaria artesanal.

Pães, torradinhas ou bolachas salgadas

  • Devem ser escolhidos de acordo com o restante dos ingredientes. Se você for servir um patê, por exemplo, precisa de um pão que tenha a ver com ele. Passar o patê no pão não pode ser uma missão impossível para seus convidados!

Patês, geleias e molhos

  • Já foram bastante mencionados por aqui. Mel e conservas clássicas também entram na lista.

Legumes, frutas secas ou frutas in natura

  • Ótimos complementos da alimentação e perfeitos detalhes para a decoração da tábua de frios.
  • Entre os legumes, os mais utilizados são: pepinos, cenouras, tomatinhos e cebolas. Eles costumam estar lado a lado com deliciosas azeitonas.
  • As frutas secas que mais combinam são uvas passas, ameixas, damascos, figos e tâmaras. Figos podem ser servidos in natura, se preferir. Uvas, morangos e maçãs são indicações igualmente satisfatórias.
  • Dica! Se for servir as frutas in natura e picadas ou fatiadas, pingue limão sobre elas para não ficarem escuras tão rapidamente.

Oleaginosas

  • Acrescentam sabor e saúde à tábua de frios e antepastos.
  • Podem ser: castanhas, avelãs, nozes, pistache, macadâmias e diferentes tipos de amendoim, entre outras opções.

Harmonização da tábua de frios com vinhos

O toque final da tábua de frios geralmente é a harmonização dos alimentos com um bom vinho. Se você quiser inserir as bebidas em sua degustação:

  1. Opte por vinhos mais intensos para tábuas mais gordurosas ou salgadas e vinhos mais suaves para tábuas mais leves.
  2. Vinhos tintos combinam com a comida mais “pesada” e o vinho rosé ou um vinho branco encorpado podem ser ideais se a sua tábua tiver ingredientes mais leves, como frutas e queijos.
  3. Sempre vá em busca dos rótulos mais versáteis.
  4. Cogite servir um vinho de sobremesa no encerramento da refeição. Mesmo não servindo sobremesa. Alguns itens da tábua podem ser doces ou adocicados e combinar com vinhos do porto ou Jerez.

Bom apetite!

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário