Qual a diferença entre sushi e sashimi?

Você sabe qual a diferença entre sushi e sashimi e como eles são feitos? Neste artigo você vai entender tudo sobre estes pratos da culinária japonesa!

Diferença sushi e sashimi

Quase todo mundo ama comer comida japonesa, certo? Mas você sabe qual a diferença entre o sushi e o sashimi? Ambos são os pratos mais pedidos do cardápio japonês, aqui no Brasil.

A culinária japonesa chegou aos poucos no nosso País, durante o século XX, e logo ganhou espaço no mercado gastronômico brasileiro. Hoje, é fácil encontrar inúmeros restaurantes japoneses por todo território nacional.

Você sabia que durante muito tempo a comida japonesa era inspirada na culinária chinesa?

Pois é, entretanto, por causa da escassez que atingia o Japão há muitos anos, o seu povo começou a viver unicamente da caça e da pesca.

O que levou à alteração de muitos pratos e na criação de uma nova identidade gastronômica e, por isso, a maioria dos pratos do extremo-oriente tem como base os peixes e os frutos do mar.

Como dito antes, no Brasil a culinária japonesa tem ganhado cada vez mais destaque e, entre seus pratos típicos, o sushi e o sashimi são os mais pedidos e mais consumidos.

O que é sushi e sashimi?

Ambos são saborosos e saudáveis, mas cada um possui uma história e um conjunto de ingredientes específicos, veja só.

Como é feito o sushi?

Vale a pena destacar que o sushi, mundialmente conhecido nos dias de hoje, em nada se compara ao tradicional feito pelos japoneses no princípio da culinária.

A primeira versão do prato levava peixe fermentado e arroz conservados com sal. A ideia principal desta época era que o vinagre utilizado no arroz fermentado quebrasse um pouco da quantidade de proteína do peixe.

A partir dessa fermentação, o arroz era totalmente descartado e somente o peixe era consumido pelos japoneses.

Mesmo com a mudança nos ingredientes, a base principal é a mesma, peixe cru e arroz, e é por este motivo que este prato mantém a mesma qualidade.

O sushi como o consumimos hoje, em qualquer restaurante japonês, é feito de maneira bem simples e leva pouquíssimos ingredientes.

Os “enroladinhos”, como são conhecidos popularmente, levam uma tira de arroz avinagrada, um pedaço de peixe cru no centro (ou outros ingredientes de recheio) e, depois, são enrolados por uma tira de nori, a famosa alga marinha.

Simples, não é mesmo?

Como é feito o sashimi?

Sashimi salmão

Seguindo a tradição dos japoneses, o sashimi deve ser servido antes de qualquer outro prato porque os orientais acreditam que, após ingerir outros alimentos, o nosso paladar pode ficar afetado e mudar consideravelmente o real sabor da iguaria.

O sashimi é considerado o prato mais saboroso da gastronomia japonesa e mesmo que a forma tradicional de consumo seja servir o peixe sozinho, existem variações na forma de servi-lo.

Por exemplo, atualmente o sashimi também pode ser servido como prato principal, em que ganha o acompanhamento do arroz, mas colocados em recipientes separados.

Este delicioso prato japonês é preparado de maneira simples e sem cozimento algum, ou seja, os ingredientes são sempre servidos cru.

Sejam peixes ou outros frutos do mar, todos devem ser frescos e servidos em fatias, levando molhos como o shoyu ou a pasta de wasabi como dicas de acompanhamento para realçar o sabor.

Para preparar o sashimi é preciso dominar alguns segredos de execução. Primeiro, é fundamental que o peixe (ou outro ingrediente principal, como outros tipo de frutos do mar), esteja fresco; o segundo segredo é sobre o corte do peixe.

Existe uma maneira correta para cortar o sashimi, sendo realizada sempre da esquerda para direita, no sentido diagonal, para que nenhum pedaço do peixe perca as vitaminas e o real sabor.

Os peixes mais utilizados no prato são: atum, salmão, namorado e dourado e cada um possui um gosto bem específico. Entre os brasileiros, o peixe preferido é o salmão, por obter um sabor mais suave.

Afinal, qual a diferença entre o sushi e o sashimi?

Ambos fazem parte da culinária japonesa, mas são totalmente diferentes, desde a forma física quanto o sabor e os ingredientes.

Por exemplo, o sushi pode levar recheios cozidos, além do peixe. Também possui arroz e, na maioria das vezes, é envolto por algas marinhas.

Já o sashimi é servido unicamente cru e não possui nenhum acompanhamento, a não ser os molhos.

O sushi é conhecido pela sua forma cilíndrica, ou seja, um rolinho de arroz e com diversos recheios, por outro lado, o sashimi tem o formato em que o peixe é cortado, isto é, em tiras.

Quer conhecer algumas versões bem famosas e inusitadas de sushi? Veja só:

1.  Sushi de pepino, cenoura e shiitake

Essa versão do sushi não leva peixe. Apenas cenoura, pepino e shiitake, enrolados com arroz e envoltos por algas marinhas. Para que fiquem mais saborosos, geralmente cream cheese ou catupiry são adicionados ao recheio.

Sushi de shiitake

2.  Sushi de kani

Nesta peça, nenhum outro ingrediente é adicionado ao recheio, além do bastão de Kani, uma espécie de frutos do mar ultraprocessada, que traz o sabor do caranguejo. É considerado a salsicha dos frutos do mar.

Sushi de kani

3.  Sushi de manga

Caso você seja vegetariano ou até mesmo vegano, saiba que existem muitas opções de sushi feitos apenas com frutas ou vegetais, como por exemplo o sushi de manga, que leva unicamente a fruta como recheio, envolto somente pelo arroz avinagrado.

Sushi de manga

Seja sushi ou sashimi, o importante é reunir a galera e pedir aquela comida japonesa.

Através de uma plataforma de delivery como o Deliway, é fácil e prático e, no nosso site é só digitar a sua localização e todos os restaurantes próximos a você aparecerão como opção.

Agora, é só escolher o seu preferido e pedir aquela barca recheada de sushi e sashimi.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário